TRADUÇÃO/TRANSLATOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Quem sou eu

Minha foto
Ceilândia, Distrito Federal, Brazil
Eu sou a educadora Deise Saraiva,graduada em Pedagogia pela Universidade Católica de Brasília, Pós graduada em Educação Especial - Deficiência Mental também pela UCB, Pós Graduada em Formação de Professores pela Universidade de Brasília e Mestre em Educação pela UnB. Com vasta experiência em diferentes áreas de atuação na educação: alfabetização, supervisão educacional, gestão escolar, formação de professores e professora especialista em Sala de Recursos (Atendimento Educacional Especializado para alunos especiais). Sou membro da RIC - Rede Internacional de Cuentacuentos, fundadora do grupo de contadores de histórias "Histórias e Tagarelices" (DF) e, claro, totalmente, apaixonada por histórias! Além disso tudo, ainda tenho a marca do sangue de Jesus em minha vida e por isto amo anunciar o Evangelho também através de histórias... Em fim, amo histórias, amo minha família, amo o meu trabalho e amo o meu DEUS!!!!

terça-feira, 14 de maio de 2013

HISTÓRIA "UMA CAIXA DE LEITURA"



UMA CAIXA DE LEITURA

Certo dia, numa floresta, uma menina encontrou uma misteriosa caixa mágica. A caixa estava repleta de objetos interessantes: um sapatinho de cristal, uma maçã envenenada, um par de botas (não se tratava de uma caixa de sapatos), uma espada (curiosamente, incrustada numa pedra), um gorro vermelho, uma agulha, uma sombra (isso mesmo, uma sombra), um arco e flechas e, finalmente, um sabugo de milho.
Mas, infelizmente, toda vez que ela retirava um dos objetos da caixa, aparecia alguém para leva-los.
O sapatinho foi levado por uma fada que não se cansava de perguntar:
___ Que horas são? Que horas são?
A maçã estava prestes a ser devorada, quando surgiu uma bruxa ranzinza:
___ Preciso ir... Preciso ir...
As botas, por incrível que pareça, foram roubadas por um gato!
Um menino, não se sabe por que, puxou a espada e saiu cantarolando:
___ Vou ser rei! Vou ser rei!
O gorro vermelho ficou com uma garotinha que precisava ir à casa da vovó. Só que a agulha foi levada pela bruxa, que, de tanta pressa, acabou espetando o próprio dedo.
Pois é, quem diria! A sombra também tinha dono, era de um gato voador (parece impossível, mas é verdade).
E, ainda, apareceu um rapaz que dizia ser o melhor arqueiro da Inglaterra, pegou o arco e as flechas.
O mais estranho que aconteceu foi o caso de um sabugo de milho que era amigo, imaginem, de uma boneca de pano.
Desanimada, a menina vê a caixa vazia, e eis que lá no fundo ainda irradiava um brilho dourado.
___ O que será isso? – pensou ela – Uma moeda? Não era uma moeda, e sim, um anel.
Nesse instante, um mago de longos cabelos brancos apareceu e a menina que entregava todos os objetos disse:
___ Por que não posso ficar com os meus tesouros?
E apontando para o anel, o ancião respondeu:
___ Engana-te, tu não perdeste o teu tesouro!
A menina, naquele momento, recebeu uma inscrição que dizia:
“Deixo-te esse anel, as pessoas que nele tocarem, à leitura para sempre vão se prender.”
Assim, ela compreendeu que não havia perdido seu tesouro, que para sempre o reencontraria nos livros.




Um comentário:

  1. amei tanto que apresentei junto com as minhas colegas de trabalho na escola e cidade onde moro. foi muito bom!

    ResponderExcluir

É muito bom saber que você está participando do meu blog... Deixe seu comentário e eu, com o maior carinho, apreciarei a sua opinião e/ou sugestão.Obrigada pela visita! Volte sempre...